segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Não esqueci, só acostumei com sua ausência

Olá, Queridos Leitores! Tudo bem com vocês? Infelizmente eu abandonei o blog por esse mês, razões particulares! Eu também estava ansiosa pros preparativos da minha festa, ATÉ QUE ENFIM 18 ANOS HAHAHA! agora posso ser presa! NÃO VOU abandonar aqui! desta vez prometo que irei me dedicar mais!

Resumindo o post de hoje, sabe quando você está apegado a uma rotina de casal e de repente tudo acaba?! E nada passa a ser como era antes, você quebra a cara novamente! E lá está exposto uma rotina sem a pessoa, da qual essa rotina não é nada fácil! Mas, ainda bem que com o tempo acostumamos com a ausência de certas pessoas! de certos momentos! De certas lembranças! Não é mesmo? é isso que quero demonstrar através do meu texto, que com o tempo a rotina sozinha se torna algo novo. E automaticamente nos leva ao esquecimento daquele amor. Vamos ao texto?


( Imagem:Weheartit)


Tem algumas coisas que no primeiro momento a gente não entende, mas com o tempo somos obrigados a entender esses motivos. E uma dessas coisas que não conseguia entender, foi ficar sem você nesses últimos meses. Mas, com o tempo comecei a entender que o nosso amor foi passageiro. E depois dessa etapa, eu finalmente consegui acostumar com a sua ausência. As vezes fico me perguntando se é egoismo da minha parte tentar seguir em frente! Talvez não seja egoismo, é mais questão de tentar lhe dar com tudo isso.
Eu acostumei com a sua ausência. De acordar cedo feliz e lembrar que não irá ter nenhuma mensagem de " Bom dia" ou uma ligação perdida. Eu meio que me acostumei ter que olhar pra você todos os dias tentando controlar a minha vontade de poder te tocar, te beijar intensamente, de sentir o seu cheiro, de te abraçar e não soltar mais.
Eu acostumei ficar sem falar com você. Acostumei ficar sem o seu beijo, sem o seu abraço (que na época era tão irritante por ser meloso demais), sem os seus mimos... que eram poucos, mas eram os melhores que já recebi. E confesso que mesmo lhe dando com tudo isso, ainda sinto uma enorme saudade da sua presença na minha vida, faz uma falta imensa. É melhor eu deixar pra lá e ignorar essa saudade.
Nessa rotina nova, acabei me acostumando ficar sozinha no sofá da sala, assistindo filmes de terror. Você não gostava de filmes desse gênero e ainda dizia " Filmes de terror nunca tem finais bons" agora digo que finais sãos bons?? nem em filmes, nem na vida real! Só mesmo em contos de fadas, querido. Que irônico tu dizer isso não?
E com tudo que você me fez passar nesse fim de inverno, acostumei a te odiar todos os dias. Primeiro por ser um egoísta ( não se importa com ninguém, nem com si mesmo) e segundo é essa a sua ignorância. E terceiro que tenho motivos de sobra pra isso, vou nem comentar que tu sabe. Ah se quiser posso deixar um espelho de presente pra você, pra enxergar essa sua ignorância.
Pois é...me acostumei a te odiar e te amar mil motivos.
Enfim eu acabei de acostumando te ver desistindo das coisas e indo embora!



É ai gostaram do texto? Deixe seu comentário!
Beijos

12 comentários:

  1. Eu estou com o meu namorado à sete anos, então não consigo imaginar o quão difícil será superar essa ausência!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // MEGA GIVEAWAY DE NATAL //

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa muito tempo, felicidades! Que continue assim!
      E sim a ausência de uma pessoa em nossas vidas, parece ser o fim...
      Beijos

      Excluir
  2. Muito profundo seu texto, é uma situação difícil, mas que pode ser superada, leva tempo e amor próprio.
    Charme-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Simone, é uma situação bem chata :(
      E basta ter amor próprio que tudo se resolve.
      Beijos

      Excluir
  3. Respostas
    1. Obrigada, Linda! Seja bem vinda e volte sempre <3

      Excluir
  4. Bem legal o seu texto. Todo final é bem complicado e se acostumar com a ausência não é fácil.
    Estou te seguindo também.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado :) Pois é!
      Grata por seguir aqui! Seja bem vinda e volte mais vezes..
      Beijos

      Excluir
  5. Oi Natalia!
    Festa de aniversário é sempre bom \o/
    Adorei o texto.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sora!
      Festa de aniversário é bom mesmo em rsrs!
      Obrigada, que bom que gostou :)
      Beijos

      Excluir
  6. Se acostumar com a ausência não é nada fácil.. Ameei o seu texto! Você escreve muito, Nati! Parabéns! Bjos Blog Marinspira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não mesmo, Duda... Obrigada! Fico feliz por ter gostado <3 elogios assim, me deixam ainda mais inspirada pra escrever <3
      Beijos

      Excluir

Criado por De Repente Moda - créditos

Tema Base por Butlariz