quinta-feira, 25 de maio de 2017

Por que se afastou?!

( Crédito Imagem: weheartit.com)


Eu estive pensando em alguma maneira de chegar até você, para então eu dizer tudo que está engasgado por aqui... porque estou tão surpresa?! estava nítido que iria quebrar a cara mais uma vez com você. É sempre assim, quando resolvo criar coragem para acreditar no amor, vem uma avalanche de energias negativas e leva todas as minhas esperanças, desde em diante, passo a não acreditar que possa existir a metade da minha laranja, se bem que nem sou fã de laranja mesmo.

Jurei para mim mesma que não iria mais escrever textos que incluíam você Quem estou querendo enganar? A mim mesma?! tenho que admitir que sou boa com palavras, quando o assunto se trata de nós.  O " nós" que ficou no passado, se lembra?! Eu me lembro todas as noites de insônia, deitada na cama com o coração acelerado e o celular na mão.. me pego ás vezes escrevendo algo na sua caixa de mensagem, mas apago com medo, é melhor cair na real.

É pedir demais em querer saber, o que aconteceu que você se afastou do nada?! Será que tudo que passamos, foi real?! ou foi uma diversão?! Sinto muito pelas coisas chegarem a esse ponto, nunca foi minha intenção me afastar aos poucos, só terminei o que você começou. Colocamos tudo a perder por causa do nosso orgulho, é burrice. Só queria saber o " Por que" se afastou assim, tão facilmente... eu sei que complico as coisas e sei que não sou uma garota fácil de lidar, sou fria, grossa, teimosa, durona... e talvez tem sido isso ou não... decifrar não é uma das minhas qualidades, então queria entender esse silêncio preto e branco.

Da última vez que te vi, só confirmou as minhas incertezas. Seus olhos diziam " Não quero te ver." eu só queria puxar assunto, tomar um café e conversar sobre as novidades, perguntar da faculdade, do trabalho, da sua família... mas você não me deu outra opção, evitar foi o melhor, assim me magoaria menos....como se fosse possível né, as cicatrizes ainda permanecem.

Só queria te deixar na caixa de mensagem, que sinto muito e sinto sua falta... e queria conversar sobre o que aconteceu para você ter se afastado de mim, é perdi um amigo e um companheiro amoroso, lamento por tudo mesmo.

Quem sabe um dia você me conta... estarei esperando.

Mensagem não enviada com sucesso! Motivo? insegurança e orgulho.

Loading..

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Wishlist: o que você compraria se ganhasse na Mega - Sena?

( Crédito Imagem: weheartit.com)

                                                    
Esses dias eu estava pensando, como seria se eu acertasse o número da sorte na Mega - Sena?! Imagina se tornar a nova milionária?! Nossa um sonho mais do que realizado. Pularia do sofá e gritaria muito!!! " To Rica" hahahaha, até dançaria o passo maluco do chapeleiro de Alice no Pais das Maravilhas.

Enfim, acho que todo mundo, já pensou nessa hipótese! É um cumulo ver a nova coleção de roupas, sapatos e esmaltes, mas você não tem um tustão no bolso, é trágico. Para ir em uma viagem precisa de anos para juntar a grana, sei bem como é isso, oh se sei.

Então resolvi fazer uma Wishlist, com tudo que eu compraria se eu ficasse milionária ( não nasci rica, infelizmente! hahaha). Confira minha lista da sorte:


1. Compraria a casa dos meus sonhos, com suíte e tudo.


2. Cursaria a faculdade de Direito ( mesmo sendo rica) meu sonho é usar aquela beca e sair com o diploma na mão. Enfim " Advogada".


3. Mudaria a mercearia de casa, para um local maior e investiria em muitas mercadorias, para então meu pai virar um empresário.


4. Montaria uma Boutique de vestidos de noivas ( sonho desde pequena, alias desenho modelos de vestidos).


5. Compraria um carro importado, igual da Spencer de Pretty Little Liars.


6. Tomaria um banho de loja, comprando todas as coleções de roupas, sapatos, maquiagens, esmaltes, bolsas, joias.....


6. Guardaria o restante do dinheiro no banco.


7. Viajaria pelo mundo a fora, França, Paris, Espanha, Estados Unidos, Argentina, Portugal... Disney..




Me digam, o que vocês fariam se ganhassem na Mega - Sena?
Me contem! Deixe seu comentário!
Beijos



segunda-feira, 15 de maio de 2017

Eu sofri Bullying e sei como dói!

(Crédito Imagem: weheartit.com)

Eu sofri Bullying por um tempo, o tempo do qual evito lembrar, é uma das piores lembranças. Na minha época zoar o outro, não passava de uma simples " Brincadeira" que mesmo na inocência é capaz de destruir a auto - estima de qualquer um. Constranger o outro não é brincadeira, é maldade alheia.

Estudei meu 1 ano/serie em uma escola perto da minha casa, como meus colegas já tinham estudado comigo no jardim de infância, foi mais fácil de me socializar, como antes. Terminei o 1 ano, até ai tudo ok! Mas aconteceram alguns imprevistos ( o imprevisto adora visitar nossas vidas), tive que mudar de escola e de casa. Estudar numa instituição nova era muita novidade pra mim, eu não conhecia ninguém, o que tornou tudo mais difícil por causa da minha timidez. Então sentava no meu canto calada e isolada dos meus colegas, fazia as lições em silêncio e muita concentração, é eu era nerd com óculos e tudo. 

Além disso eu era muito " Magra" e bem alta para minha idade, isso ficava nítido de que tinha algo diferente em mim, diferente dos meus colegas de classe. O que me deixava ainda mais insegura e isso me incomodava muito. O medo de me acharem estranha e fora do padrão dificultou em fazer novas amizades, até teve um período em que não queria colocar meus pés na escola e minha mãe como sempre tentava me acalmar, me dizendo palavras lindas, de que eu devia gostar de quem sou! Verdade, é um erro fingir ser quem você não é.

O tempo passou e meus colegas começaram a me chamar de " Girafa, quatro olhos, garrafa de tubaína, poste.." entrei em pânico, abaixava a cabeça e chorava sem parar, como dói receber palavras tão cruéis, a alma sangra em silêncio. Sabe como é se sentir parte da solidão?! infelizmente eu sabia. Também entrava as vezes correndo pro banheiro para chorar, me livrar daquilo, mas não aliviava, nada foi capaz de aliviar. Sabia que dali a diante o pesadelo só havia começado.

Os dias se passavam e eu sofria calada! Me sentia feia, não tinha auto - estima e tinha medo juntado com a angústia, se antes era difícil de me socializar, ficou ainda pior. Entrei em ataques de pânico, não conseguia dormir a noite, minha concentração na escola diminuiu, entrei em depressão! Só não pensei em suicídio, porque ainda era uma criança, não tinha noção! Ainda bem, muitos se matam por isso... É lamentável ver na sociedade de que o Bullying só tem aumentado, em vez de ter diminuído.

Sofrer Bullying é como levar um soco no estomago.

Não entendo, como pode existir pessoas com um senso tão cruel em ferir o próximo?! Por mais pessoas que tenham noção da dor de uma vitima ,desse ato tão ridículo e medíocre.

E como resolveu a minha situação?! Na época o Bullying não era levado a sério, minha mãe foi atrás na escola abordar a situação com a diretora e professora. As duas tomaram providências, abordaram o acontecido com a turma toda e disse que se repetisse iriam para a diretoria imediatamente. Assim com o passar do tempo, os alunos começaram a ter medo de serem castigados, então não zoavam mais, pelo menos não na frente do colega. Mais pra frente fiz novas amizades, sendo quem sou! Minha mãe sempre teve razão.

Se as zoações acabaram?! Não! Os anos seguintes continuaram, mas eu já não ligava mais! Apenas ignorava, é o melhor que se deve fazer, não dar ouvidos!  O agressor sem plateia, desiste fácil.

É complicado quando se trata de zoar o outro, afinal o que não queremos pra nós, não fazemos pros outros! É a tal da empatia... nessa de " Brincadeirinha" muitos corações são partidos, auto - estimas são quebradas, os medos saem da caixa e a dor corre para atormentar. Ninguém tem o direito de magoar ninguém. Já estamos de saco cheio de ligar a televisão e ver pessoas se suicidando, as coisas precisam mudar pra melhor, não pra pior. Não basta falar, basta ter atitude!

Eu já fui vitima de Bullying e sei como dói! Também levei um soco no estomago da realidade.

Superei tudo isso, o que sofri deixo no passado. Hoje, continuo firme e forte! Aprendi a confiar em mim mesma, sem me importar com opiniões de terceiros! Me amo pelo jeito que sou, alta, usando óculos, sendo nerd! Não me importo em ser mais alta de que minhas amigas, boto salto alto mesmo, se me sinto segura em ficar mais alta do que já sou, é obvio que vou usar. A minha opinião é o que importa! odeio ter que fingir que sou outra pessoa, gosto de ser eu mesma, sempre!

Acredito que cada um tem seu jeito especial, sendo magro, gordo, alto, baixo, negro, branco, pardo, bissexual, homossexual, heterossexual...

Ser vitima não é sofrer calada, é abrir os olhos e tomar as providências em cima da lei! Bullying não é brincadeira, é crime!

Criado por De Repente Moda - créditos

Tema Base por Butlariz