quarta-feira, 22 de março de 2017

Quando eu te conheci

(Crédito Imagem: weheartit.com)


Quando te conheci as coisas começaram a mudar. Meu coração tinha esquecido como se esquentar e por alguma razão assim que você chegou, num instante se esquentou. Foi dali a diante que percebi o quanto ficar ao seu lado valia o risco, o risco de me apaixonar.

Me lembro a primeira vez em que te vi. Você estava com os braços cruzados, observando o que nossos amigos comum falavam, eu fiquei também em silêncio naquele dia, enquanto isso reparava na sua blusa preta escrito alguma coisa e no seu jeans velho.Além de tudo isso, pude notar esse seu sorriso, do qual me deixa verdadeiramente hipnotizada, seu sorriso ilumina o horizonte inteiro. É sei que é um pouco estranho, logo eu dizer coisas melosas, mas essa sou eu " Agora" uma garota completamente apaixonada.

Desde então sabemos que era só uma amizade, ainda é. Somos bons e velhos amigos, nada além disso. Minha intuição diz que um dia, há possibilidade de estarmos juntos! Deduzo que o universo traga possibilidades e me seguro a elas, viu estou sendo positiva! Aprendi contigo a pensar mais nas coisas boas e deixar as ruins de lado. Estou colocando ainda em prática, sou uma caloura.

Quando te conheci, meus dias pretos e cinzas passaram - se a ficar coloridos, deve ser pela suas piadas bobas, um sorriso que você me tira é válido, sério suas piadas são ruins demais e gosto disso. Seu abraço me conforta, me deixa segura mesmo que seja por alguns minutos. Dizem que o melhor abraço é aquele que você ganha de quem ama, sim é uma teoria que faz muito sentido, quando você me abraça não da vontade de soltar mais, não tem noção do quanto significa pra mim.

E aqui estou lembrando o inicio desse quebra cabeça, algumas peças ainda estão fora do lugar, temos consciência disso.Tivemos muitas recaídas, nos beijamos e não foi uma única vez. Até colecionamos momentos de um casal nas férias de verão, não teve praia, não teve rosas, nada clichê como nos filmes, mas foi perfeito! Nos divertíamos de todas as formas possíveis, como aquela guerra de mangueira, eu poderia até te odiar por ter molhado meu cabelo e me deixado com frio, no entanto do mesmo jeito que te odeio, no fundo também sei que te amo. E como eu tive certeza disso?! Quando nos olhamos por alguns instantes, nenhuma palavra, apenas dois olhares cruzados.

Confesso que o dia em que te vi, tinha noção do que poderia acontecer, tive medo. Já aproveitando que estou confessando, vou dizer que ri do seu cabelo bagunçado pra cima. Um penteado estranho e ao mesmo tempo tão fofo, se meus olhos brilhavam?! Sim brilhavam como uma estrela cadente. Ah, também achava que você era gay, foi um erro ter medido por suas atitudes e gestos, não importa mais, agora sei quem tu és. O carinha que mora logo aqui no meu coração.

Pelo que me conhece sabia que eu fugia de romance, mas com você tudo é diferente! Não tenho mais vontade de fugir do amor, quero poder senti - lo novamente, sem ódio, sem mágoas, sem cicatrizes.

É engraçado ver que a vida é uma caixinha de surpresas... agora estou aqui com esse sentimento pulsando aqui dentro e com minha mente viajando em " Quando eu te conheci..




E ai gostaram?!
Deixe seu comentário!
Beijos
Nah Almeida

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada, fico feliz por ter gostado <3
      Beijos

      Excluir
  2. Amei, super profundo, cada texto tem me tocado o coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, sua lida <3 fico feliz por ter gostado.
      Beijos

      Excluir
  3. Tava olhando o seu blog é me encantei com tudo aqui. Amei demais, seus textos são lindos! <3

    beijos

    http://www.depoisdesonhar.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn Obrigada <3 fico muito feliz por ter gostado <3
      Beijos

      Excluir

Criado por De Repente Moda - créditos

Tema Base por Butlariz