Mande cartas ao Capuleto

16:09

( Imagem Crédito: weheartit.com)


Hoje mais cedo passei em frente a uma igreja, tão linda, fiquei admirando o capricho daquela noiva toda emocionada prestes a realizar o seu sonho. Eu tive este senho milhares de vezes com nós dois, unidos por uma pequena eternidade, mas sonhos são sonhos, alguns tão reais, outros longe da realidade. Foi o que aconteceu conosco, o que era tudo se tornou um nada, sabemos mais do que ninguém o quanto queríamos isto, é estranho pensar a minha ingenuidade naquela época.

Acabei sendo a melhor coisa que perdeu, não é mesmo? aquilo que nunca descobrimos se daria certo, teve uma época que custei a entender, agora prefiro pirar nos meus pensamentos " Estamos perdidos." Não sou a mesma de antes, aprendi sozinha que minha companhia tem sido a melhor, menos decepções, menos brigas, menos tudo. Meu coração supriu esta saudade, tudo bem metade dela, os momentos ficam grudados na minha memoria para um aprendizado, não me tornei uma mulher realizada, mas me tornei uma mulher segura de mim mesma, ninguém apaga meu brilho. Com este brilho poderia criar um modelo lindo de grinalda, para posar nas revistas de Nova York, Paris, quem sabe, no entanto para casar nem pensar, minhas prioridades são outras.

Eu mudei mesmo de corpo e de alma, você não conseguiu acompanhar o tanto que crescia, talvez perceba tarde demais. Enquanto me tornava responsável, você só conseguia enxergar o seu umbigo, curtição, festas, mentiras, um pinóquio prestes a se afundar com sua cara de pau. Uma pena que as coisas tenham chegado a estas circunstâncias, para dar certo precisávamos mais do que sentir, sentimentos são bons na medida certa e não são suficientes, precisa mais do que isto.

Ah tinha planejado o vestido, a decoração clássica, o DJ para agitar a festa e a lista de convidados, nossos amigos em comum que nem eles mesmo acreditam que tenha chegado a este ponto. Mas quer saber a real mesmo ? estou bem assim, me sinto livre deste relacionamento tóxico que criamos, eu me amo, eu me aceito, eu sou mais eu entende ? Estou " MARAVILHOSA", de uma coisa é fato, quando não é pra ser não é mesmo pra ser, ponto, meio obvio, a gente se livra de cada coisa, de cada toxidade, que olha Senhor dos anéis, que alivio. O brilho que você apagou, voltou, voltei a brilhar como deveria ter feito antes, eu me amo simplesmente, engraçado que ao seu lado havia aceito o que me dava e o que me oferecia? um vázio e depois um pé na culatra.

Não sou de guardar rancores, tudo bem. Mas quer saber outra coisinha ? não é gorando, você nunca vai achar uma trouxa que se importava, que se colocava para baixo só para te ver feliz, não vai achar uma trouxa para mandar mensagem, se preocupar com sua saúde, resolver as encrencas familiares, segurar sua mão quando o mundo cair, enquanto o dela que ninguém segurava. Não vai achar alguém que se coloque na merda, para fazer o seu mundinho perfeito, não vai, se achar que esta pessoa possa descobrir que o pinoquio traz um buque de rosas e uma carta mentirosa em seu paletó emprestado. 

Como te amava, eu sim lutei pelo que sentíamos, tentei, consertei suas burradas, consertei as minhas, corri atrás, me humilhei, porque tinha medo de te perder e de ficar sozinha, até pensei que iria morrer só de pensar em te perder. Na verdade, desta vez não te perdi, foi você que conseguiu me perder, posso sorrir?? " EU NÃO PRECISO DE VOCÊ, NUNCA PRECISEI." o nosso erro é acha que precisamos do outro, que aceitar o coração fraquejar, se quebrar ao meio é melhor do que ficar sozinho, errado demais, a sobrevivência de superar um amor, é curando com nosso amor próprio sempre, nada se compara o preço da liberdade de se livrar do que não era para ser. Os momentos passam, a vida passa numa montanha russa, com todo custo aprendi a viver, vale muito mais a pena, quem dera se tivesse feito na primeira oportunidade.

Um dia te coloquei acima de mim, agora fique a baixo de mim. Aqui de cima assisto seu teatro mais banal, enquanto tomo um taça de vinho, te vejo com aquela mesma cena de antes " Tropeçando nas suas escolhas." uma pena que a protagonista, foi procurar um outro roteiro para seguir, mande cartas ao capuleto sobre nosso fim e o avise que estou feliz, feliz demais.



" Minha autoria, Natalia Almeida "




Este texto foi inspirado no coração quebrado da minha amiga.
" Em sua homenagem."
Em homenagem a toda pessoa se coloca para baixo, por quem não merece, abre seus olhos e seja o amor de suas vidas, sempre!!! em primeiro lugar.

Gostaram ? Deixe seu comentário, vou adorar ler! Comentem aqui em baixo.
Beijosss




You Might Also Like

1 comentários

  1. Mais um texto maravilhoso como sempre. AI... também sou inspirada pelas dores das amigas, ás vezes. Há histórias e que dariam belas tramas!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta!

    ResponderExcluir